Foi anunciado hoje (14/09/2016) pelo presidente da Comissão Europeia (CE), Jean-Claude Juncker, que a Europa terá um sistema de controle de turistas similar ao controle americano.

"Quando uma pessoa entrar na UE, ela será registrada, assim como o lugar, a data e o motivo da viagem. Esse novo sistema automatizado nos dirá quem está autorizado a transitar pela União Europeia antes que chegue à região", disse Juncker.

Todos os turistas que não precisam de visto para entrar na União Europeia precisarão preencher um formulário online antes da viagem, que será analisado; caso a presença da pessoa seja considerada um risco para a UE, sua viagem será impedida.

O Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem será válido para todos os países do Espaço Schengen e foi criado devido a crise migratória que a Europa vem vivenciando, a pior desde a 2ª Guerra Mundial.

Ainda não se falou em taxas, mas especula-se que o valor de 50 euros (R$186,00) será cobrado por pessoa.